Boas Práticas para Gestão de Grupos do Linkedin de Sucesso

Boas Práticas para Gestão de Grupos do Linkedin de Sucesso

Para aumentar a eficácia do Linkedin, uma estratégia benéfica para as empresas é o uso dos grupos na plataforma. Aqui estão algumas práticas de sucesso para gestão de Grupos do Linkedin!

Antes de seguir com o tema, gostaria de fazer-lhe uma pergunta: se tivesse acesso a um público de 756 milhões de pessoas (número atual de utilizadores do Linkedin), ignoraria a oportunidade de comunicar a sua marca para essa enorme audiência? Acredito que não, certo?!

O Linkedin continua a ser a rede social mais populares para profissionais no mundo todo e os grupos são um recurso bastante subestimado — o que também significa que tem aqui uma excelente oportunidade de sair à frente da concorrência.

Boas Práticas para Gestão de Grupos do Linkedin de Sucesso - Tudo sobre Linkedin - Pedro Caramez - Linked2Power - cover
Créditos da imagem: Linkedin Official Blog

Quando se trata de estabelecer alcance profissional e construir impressões duradouras, o Linkedin é a plataforma preferida. De acordo com pesquisas recentes, quando estão à procura de conteúdo de qualidade, 91% dos executivos recorrem ao Linkedin em vez de qualquer outra plataforma.

Isso é extremamente valioso em qualquer setor, especialmente se a sua empresa é voltada para um mercado B2B.

Mas saber como criar grupos no Linkedin é a parte mais fácil, mas caso ainda não saiba como, neste artigo tem tudo o que precisa saber para começar a tirar o máximo proveito desse recurso.

A pensar em todo o potencial de alcance deste recurso pouco utilizado na rede social profissional, selecionei algumas dicas essenciais. Espero que lhe sejam úteis!

10 Dicas de Sucesso para Gestão de Grupos do Linkedin

  1. Identifique objetivos para o seu Grupo do Linkedin: certifique-se de ter bem alinhado o porquê de estar a criar uma comunidade nesta plataforma e o que espera que aconteça como resultado. Por exemplo: sobre o que é o seu grupo e por que alguém iria querer entrar e participar?
  2. Desenvolva uma estratégia de conteúdo e um calendário editorial: tenha em mente que o “conteúdo é rei” em independentemente da plataforma. Procure variar as tipologias de conteúdos, não apenas links para os seus produtos ou serviços, mas também recursos relevantes da indústria.
  3. Dê sempre as boas-vindas aos novos membros: todos gostamos de ser bem recebidos, mesmo no universo online. Por isso, não deixe nunca de dar as boas-vindas aos novos membros e peça-lhes que se apresentem. Certifique-se de que a primeira contribuição dos novos membros recebem um comentário amigável e positivo do gestor da comunidade.
  4. Reconheça o esforço dos membros: agradeça aos membros ativos por suas contribuições, seja através das reações ou, até mesmo, com comentários que agreguem valor à publicação, incentivando os demais membros a fazerem o mesmo.
  5. Dê bons exemplos: reconheça os membros mais participativos, partilhe a sua história e descreva como eles agregam valor ao grupo.
  6. Reconheça os especialistas do grupo: @mencione sempre que possível aqueles membros que, à partida, sabe que podem agregar valor à conversa e peça-lhes que avaliem os seus conhecimentos e perceções.
  7. Solicite feedback: pergunte a membros do seu grupo quais tópicos de conversa eles consideram relevantes e valiosos. Pergunte-lhes quais são os objetivos que eles próprios têm para o grupo e como o grupo pode ser melhorado, sempre em prol da comunidade participante.
  8. Partilhe regularmente e mantenha diretrizes de partilha claras: forneça as regras do grupo com antecedência e comunique-se diretamente com quaisquer infratores antes de tomar outras medidas. As regras de grupo do LinkedIn definem o terreno para a interação, quais tópicos são aceitáveis, seja a autopromoção incentivada ou não. Evite quebrar as suas próprias regras! (consulte as Diretrizes do Linkedin)
  9. Mantenha o seu grupo livre de Spam: bem sabemos que Spam é o principal motivo pelo qual as pessoas deixam os grupos. Denuncie e remova Spam assim que encontrá-lo ou conforme for denunciado aos administradores do grupo.
  10. Promova o grupo do Linkedin e aumente o número de membros: convide clientes e potenciais clientes para participar do grupo, seja através de uma newsletter, de uma call to action no seu blog, partilhas noutras redes sociais, etc. Tenham sempre em mente que aumentar a comunidade significa mantê-la saudável ativa.

LEIA TAMBÉM: Tutorial Como criar Grupos no Linkedin

Últimas notas sobre gestão de Grupos do Linkedin

Nesta altura do campeonato, já não há espaço para dúvidas: o Linkedin é a melhor plataforma para alcançar profissionais interessados em se conectar com outros profissionais. Isso faz da plataforma um excelente lugar para construir a sua comunidade profissional.

Embora os Grupos do Linkedin possam não ter ainda alcance tão amplo quanto gostaríamos, quando bem administrados, dão-nos bons indícios de que é possível criar um grupo de sucesso na rede social profissional.

Pense neles como versões digitais de grupos e espaços que também consideraria visitar na vida real. Comece a observar as conversas, a procurar maneiras de contribuir e avaliando como pode encaixar a sua marca (produtos ou serviços) na rotina da comunidade.

*

Está a gerir um grupo do Linkedin? O que acrescentaria a esta lista? Deixe o seu insight nos comentários para podermos deixar este conteúdo ainda mais relevante!

*


Deseja aumentar a visibilidade online para si e/ou para a sua empresa?

Contacte-nos para saber o que podemos oferecer para alcançar seus objetivos profissionais pessoais e/ou da sua empresa, mais rápido, com menos esforço e com melhor presença nas redes profissionais.

Aumente a sua produtividade digital e encontre novos clientes / candidatos!